Autorização,fabrico e comercialização de SUPLEMENTOS ALIMENTARES

Lisboa, 6 de fevereiro de 2018

“Excelentes conhecimentos da formadora sobre os temas apresentados e boa interação entreos participantes pela partilha de experiência”. LABORATÓRIOS PFIZER

“Foi extremamente importante para consolidar esta matéria e para congregar esforços para conseguirmos um processo justo”. TECNIFAR

“No evento gostei particularmente da partilha de experiências e daexposição de casos concretos , essenciais para uma melhor compreensão da situação atual” .CREFAR REPRESENTAÇÕES

“Sessão muito esclarecedora e com muita troca de experiências” ECO-NUTRACÊUTICOS S.A.

“Evento muito  participado e de excelente partilha de conhecimentos einformação. Fórum de grande interesse para todos os que lidam com os suplementos alimentares.” MENARINI PORTUGAL-FARMACÊUTICA

”Discussão muito interesante com exemplos reais. Tempo do evento adequadoe uma excelente formadora”. BAYER PORTUGAL

“Foi uma formação muito participada em que os temas abordados foram bastantes interessantes, actuais e úteis ao exercício da minha actividade. Os exemplos utilizados nas várias situações foram esclarecedores. A repetir!” FRESENIUS-KABI

Assistentes das formações sobre Suplementos Alimentares

 

Objetivos da formação

A indústria enfrenta os novos desafios para manter o elevado nível de qualidade dos produtos e serviços e manter-se sempre atualizada e competitiva

Esta formação tem como objetivo primordial oferecer uma visão global dos conhecimentos imprescindíveis para fabricar,introduzir e manter-se no Mercado de Suplementos Alimentares.

Iniciando com uma análise às exigências normativas e devidas autorizações para comercialização de suplementos alimentares,analisaremos exaustivamente os pontos chave de fabrico,qualidade e distribuição.

  • Como superar a avaliação das autoridades para participar no mercado quer seja fabricante, embalador,importador ou distribuidor
  • Como desenvolver suplementos alimentares inovadores aptos para serem aprovados
  • Quais os requisitos de qualidade exigidos tanto para o fabrico como para a comercialização de suplementos alimentares
  • A sua Checklist para que a Rotulagem e as atividades promocionais dos seus SA sejam compatíveis com as exigências das Autoridades

Conduzido por profissionais experientes na área,este programa está desenhado para fornecer ao profissional toda a informação pertinente e necessária para voltar ao seu posto de trabalho com conhecimento prático e utilizável imediatamente

Esperamos ter o prazer de contar com a sua presença

 

PROGRAMA

ENQUADRAMENTO NORMATIVO NACIONAL E COMUNITÁRIO PARA COMERCIALIZAÇÃO DE SUPLEMENTOS ALIMENTARES

  • Quais as exigências da autoridade competente para o cumprimento da legislação em vigor
  • Quais são os aspetos específicos em relação ao regime sancionatório

 

QUAIS SÃO OS PROCEDIMENTOS PARA A COMERCIALIZAÇÃO DE SUPLEMENTOS ALIMENTARES.UMA VISÃO DAS OBRIGAÇÕES DOS FABRICANTES, EMBALADORES, IMPORTADORES E DISTRIBUIDORES

A ROTULAGEM,APRESENTAÇÃO E PUBLICIDADE DOS SUPLEMENTOS ALIMENTARES: O QUE INCLUIR PARA CUMPRIR COM AS EXIGÊNCIAS NORMATIVAS

  • A legislação geral aplicável a todos os alimentos
  • A legislação específica: implicações do novo regulamento 1169/2011
  • Quais são os erros frequentes

 

NOVO PROCEDIMENTO DE NOTIFICAÇÃO

– Como proceder à notificação

– Quem pode efectuar a notificação

– Documentação necessária

– Prazos e comercialização dos produtos

RECONHECIMENTO MUTUO:pontos críticos sobre a sua aplicação e funcionamento

  • Legislação aplicável
  • Aplicabilidade e funcionamento
  • Procedimentos necessários
  • Reconhecimento mútuo: Os 28 EM

QUAIS SÃO OS REQUISITOS QUE GARANTEM QUALIDADE NO FABRICO E COMERCIALIZAÇÃO DOS SUPLEMENTOS ALIMENTARES

  • Gestão de qualidade no fabrico e comercialização de suplementos alimentares

–Garantia de qualidade

–Controlo de qualidade

  • Quais são as boas práticas de fabrico de suplementos alimentares

–Requisitos gerais de instalações e equipamentos

–Pessoal e formação

  • O sistema de análise dos perigos e pontos de controlo críticos

– o Sistema de HACCP

–Como implementar o sistema

–Quais os pré-requisitos

  • O desenvolvimento de produtos e processos
  • Os procedimentos de fabrico
  • Armazenamento,transporte e distribuição
  • Documentação

PONTOS-CHAVE PARA A ELABORAÇÃO E OBTENÇÃO DE CLAIMS

  • Enquadramento Legislativo Aplicável
  • Princípios fundamentais das alegações de saúde
  • Tipos de alegações de saúde
  • Alegações funcionais
  • Redução do risco de doença
  • Alegações destinadas a crianças
  • Que condições cumprir para o uso de declarações nutricionais e propriedades saudáveis na publicidade e rotulagem de suplementos alimentares

–Como demonstrar cientificamente o efeito benéfico

–Que quantidades de uma substância deve ter o produto final

–Como demonstrar que a substância é assimilável para o organismo

–Como avaliar a forma de expressão na declaração

–Que condições se exigem aos produtos que já estão no mercado

 

 

A SUA BROCHURA

AS SUAS FORMADORAS

Helena Vieira

Directora Técnica e de Assuntos Regulamentares

APARD

 

Emilia Barreiros

Direcção Assuntos Regulamentares

Bluescience, Lda

HORÁRIO

Os Assistentes serão recebidos às 9.00 h.
O evento terá início às 9.15 h., terminando aproximadamente às 17.00 h.

PREÇO 

499 € + iva.

O valor da inscrição inclui a documentação on-line e café

PREÇO ESPECIAL PARA ASSOCIADOS DA APARD

Os associados da APARD beneficiam de um desconto de 15 % em relação ao valor normal da inscrição

 

COM O APOIO DA